Crianças ganham novo espaço na internet

O site de jornalismo infantil Vaca Amarela traz informação, curiosidades e muita diversão

vaca

Toda criança brasileira brinca ou já brincou de “vaca amarela”, um jogo no qual todos devem ficar calados. No início deste mês, a brincadeira ganha reforço, mas nessa nova Vaca Amarela (www.vacaamarela.art.br) as crianças podem falar na hora que quiserem. O site de jornalismo infantil, criado em 2008 pela jornalista e publicitária Fernanda Pimenta, estréia sua nova versão abordando diversos temas: cidadania, meio ambiente, cotidiano, relação com os pais e com os amigos, críticas e dicas de produtos infantis; dentre outros.

Além das matérias, o site conta com vídeos, jogos e bastante interação com os pequenos, que podem comentar todas as matérias. Crianças também compõem o conselho editorial e participam ativamente do projeto, desde sua elaboração até a finalização dos textos. “O que inicialmente foi feito para decidir o que seriam assuntos de interesse infantil foi ter como norte a ótica dos direitos legais, desenvolvimento humano, formação de valores e despertar crítico da criança, além da relação entre pais e filhos. Depois de conversar com algumas crianças e professores, concluímos que textos explicando conceitos existentes nos jornais adultos deveriam também ser abordados no Vaca Amarela”, explica Fernanda.

O principal objetivo do site, contemplado pelo edital de incentivo à leitura da Fundação Pedro Calmon – Secretaria de Cultura da Bahia, é promover a leitura junto a crianças na faixa etária entre sete e doze anos, a partir de uma linguagem clara e simples, em um formato atraente. E para atingir este público-alvo, além da divulgação em meios de comunicação tradicionais e na rede, serão realizadas visitas em escolas municipais de Salvador, escolhidas em conjunto com a Secretaria Municipal da Educação e Cultura de Salvador (SMEC). A ação consiste em conversar com os professores e com os alunos das escolas sobre o site, demonstrando como ele pode ser utilizado para a leitura textual e audiovisual.